Farm Derm
Atendimento Whatsapp

Pedidos
 Onde Comprar

Saiba onde adquirir nossos produtos.
Visite nossas lojas!  Filiais

Informe-se com a Farma Derm.


Veja dicas de prevenção para o Zika Virus

Nas últimas semanas, a população brasileira está em estado de alerta para a mais nova ameaça causada pelo mosquito Aedes Aegypti: o zika vírus. Pertencente à mesma família dos vírus da dengue e da febre chikungunya, também transmitidos pelo Aedes, o zika vírus foi identificado pela primeira vez em 1947 em um macaco rhesus na floresta Zika, de Uganda. A partir da década de 1950, foram registradas evidências da infecção nos humanos em alguns países da África e Ásia. Atualmente, há também registro de circulação do vírus na Oceania e alguns casos foram descobertos em países como Canadá, Alemanha, Itália, Japão, Estados Unidos e Austrália.

Os principais sintomas da doença são febre intermitente, erupções na pele, coceira e dor muscular. Recentemente, o Ministério da Saúde confirmou a relação entre os casos de microcefalia, condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal, com o zika vírus. 

Pensando nisso, a Educação selecionou cinco dicas de prevenção do mosquito para você utilizar na sua casa ou local de trabalho. As dicas de prevenção são as mesmas para evitar para os vírus da dengue e chikungunya:

1- Evite água parada: acumulo de água em pneus, garrafas ou qualquer tipo de reservatório pode acarretar em um criadouro do mosquito. Por isso, é importante que após os períodos de chuva, haja uma verificação se não ficou água acumulada em algum local.

2- Jogue lixo no lixo: Muitas pessoas pensam que os lixos não apresentam perigo às infecções trazidas pelo mosquito. Mas a verdade é que pode haver acumulo de água dentro do lixo e, com isso, a possibilidade de reprodução do mosquito. Para isso, é importante que as pessoas vedem os sacos de lixo e não os deixem expostos.

3- Cuidado com a caixa d´água: é importante que as pessoas tomem o devido cuidado para que a caixa d´água esteja devidamente tampada para que não haja possibilidade de reprodução do Aedes Aegypti.

 

4- Reciclagem de pneus: pneus usados são um importante local de reprodução do mosquito. Por isso, é importante que estes estejam em um local que não exista a possibilidade de acumulo de água. Além disso, as pessoas podem entrega-los em um posto de coleta da Prefeitura Municipal.

“O mosquito transmissor da dengue e da chikungunya é o mesmo que transmite o zika vírus. Por isso, todas as sugestões que valem para a prevenção de uma infecção, valem também para a outra. É importante que as pessoas sigam as orientações e tentem diminuir o máximo possível qualquer tipo de criadouro do mosquito”, afirma Eleuza Guazzelli, da Equipe Curricular de Ciências da Natureza da Secretaria da Educação.

Veja mais sobre a Dengue, Chikungunya e Zika
http://combateaedes.saude.gov.br/

——-
Fonte: educacao.sp.gov.br

Solicite seu produto junto a nossa equipe de Farmacêuticos Farmaderm.