Farm Derm
Atendimento Whatsapp

Pedidos
 Onde Comprar

Saiba onde adquirir nossos produtos.
Visite nossas lojas!  Filiais

Informe-se com a Farma Derm.

Inalado, "viagra natural" melhora a vida sexual

A oxitocina melhora o desempenho sexual e também fortalece os laços de afeto


A oxitocina, mais conhecida como o "hormônio do amor", pode melhorar de maneira significativa o desempenho sexual masculino. É o que constatou uma pesquisa realizada na Califórnia, que comparou o efeito do hormônio inalado ao proporcionado por remédios contra disfunção erétil.

foto: Divulgação
Com a oxitocina, a libido e a excitação aumentam
Com a oxitocina, a libido e a excitação aumentam

A oxitocina é produzido naturalmente pelo corpo humano tanto em homens quanto em mulheres, e tem relação com a atração sexual e o sentimento de confiança e autoconfiança.

Pesquisadores da Califórnia publicaram um artigo sobre os efeitos do hormônio após usá-lo em um homem casado e pai de três filhos que sofria de transtorno de déficit de atenção e tinha dificuldade em manter relações sociais.

A pesquisa constatou que o homem casado, ao usar duas vezes por dia uma espécie de remédio spray contendo o hormônio, viu uma melhora considerável em seu desempenho sexual.

Seu relacionamento com sua esposa também estava em dificuldades, e as drogas convencionais não surtiram efeito ou causaram efeitos colaterais indesejados.

A pulverização do hormônio no nariz duas vezes ao dia foi pouco para ajudar a sua fobia social, mas fizeram maravilhas na sua vida amorosa, afirma o estudo publicado na revista científica "Journal of Sexual Medicine".

Sua libido passou de "muito fraco" para "um pouco forte", sua excitação sexual de "um pouco difícil" para "um pouco mais fácil", e o ato em si passou a ser mais fácil de executar e mais satisfatório.

O spray também produziu benefícios emocionais. O homem disse que achou mais fácil ser afetuoso com sua esposa, enquanto ela observou que ele passou a querer estar mais perto dela.

Todos esses efeitos não apareceram após o homem parar de sentir o cheiro da essência. Daí a conclusão da pesquisa.

Fonte: G1.com